Caixa registradora e pagamento com cartao

Todo empreendedor que usa o nome bem conhecido de caixas registradoras está lutando com outros problemas todos os dias, que os dispositivos também podem criar. Como qualquer equipamento eletrônico, caixas registradoras não são livres de recursos e às vezes estragam. Nem todos os proprietários de empresas sabem que, a qualquer momento, quando o registro é operado usando uma caixa registradora, ele deve ser um novo dispositivo - no caso de uma falha perfeita.

https://ling-flu.eu/pt/

A falta de uma caixa registradora de backup ao vender produtos ou serviços pode resultar em penalidades impostas pela administração fiscal, pois isso evitará que a lista de vendas seja interrompida quando o dispositivo principal quebrar. Os documentos armazenados em conjunto com a caixa registradora devem incluir um livro de serviço de caixa registradora fiscal. Neste documento, não apenas todos os reparos do dispositivo são concluídos, como também há informações sobre a fiscalização da caixa registradora ou a alteração de seus pensamentos. No trabalho de serviço, um número único ainda deve ser inserido, que foi dado ao caixa pela administração fiscal, o nome da empresa e o endereço das instalações onde o dinheiro é usado. Todas essas mensagens são válidas para o sucesso do controle da administração fiscal. Qualquer reviravolta na memória da caixa registradora, seu reparo vai para os exercícios de um serviço especializado, que todo empresário que usa caixas registradoras deve constituir um contrato assinado. O que está longe - você deve informar o escritório fiscal sobre cada mudança do serviço de caixa. As vendas nas caixas registradoras devem ocorrer em uma escola contínua, portanto, no sucesso de preencher a memória da caixa registradora, você precisa trocar sua opinião por uma moderna, lembrando-se da leitura da memória. A leitura da memória da caixa registadora pode ser - também quando a sua reparação, feita apenas e apenas por uma entidade autorizada. Além disso, isso deve ser realizado na presença de um funcionário da administração fiscal. A partir da leitura da caixa registradora fiscal, é feito um protocolo apropriado, cuja cópia se leva ao escritório fiscal e fica ao empresário. Ele deve manter este protocolo junto com os documentos subsequentes relacionados à caixa registradora - sua ausência pode resultar na imposição de uma penalidade pelo escritório.