Caixa registradora o que e

Os empresários que executam uma campanha econômica na qual as caixas registradoras usam devem atender a muitos requisitos. Uma bebida deles tem o objetivo de ter rolos de papel com cópias de recibos pelo período especificado no regulamento relevante, que foi prorrogado a partir de 2013.

Até 31 de dezembro de 2012, de acordo com o Regulamento do Ministro das Finanças de 2008, estava em vigor um período de transição, segundo o qual cópias das receitas fiscais tinham que ser mascaradas por um período de dois anos. Desde o início de 2013, o armazenamento de recebimentos da caixa registradora mudou e foi estendido por cinco anos. Os contribuintes que registrarem vendas em valores financeiros em 2013 devem tirar cópias de recibos que documentam as vendas para 2012 e 2011, enquanto cópias anteriores de recibos podem ser destruídas permanentemente. E eles também devem se lembrar que as cópias arquivadas de recibos de 2013 devem obedecer até 2018, devido ao último, que o período de cinco anos é contado a partir do final do ano civil em que o prazo para pagamento de impostos expira.Por que armazenar cópias de receitas fiscais por cinco anos? Primeiro, devido ao fato de o prazo de prescrição do passivo tributário ser de apenas cinco anos.Há muitos receios de que o arquivamento de cópias de recibos por tanto tempo seja útil. No entanto, o Ministério das Finanças acredita que o período de cinco anos está estabelecendo a correção dos acordos fiscais. Cópias dos recibos são a única evidência que documenta a venda, parte dela, o preço e as taxas de impostos.Vale ressaltar, no entanto, que, apesar de o legislador ter indicado um horário específico para arquivar cópias de rolos com recibos fiscais, ele não indicou a qualidade em que deveriam ser mantidos. As caixas registradoras mais baratas nas lojas da Cracóvia armazenam recibos em situação de papel. Caixas registradoras mais caras com um módulo extenso são propensas ao arquivamento eletrônico de recibos. Também deve-se ter em mente que mesmo o fato de liquidação da atividade financeira de forma alguma isenta o empresário da obrigação estatutária de armazenar cópias de recebimentos de caixas registradoras.